Podcast Observe aborda o tema da ancestralidade nas artes

Podcast traz o performer Rafael Bqueer e o artista visual Denilson Baniwa em debate sobre a presença afro e indígena nas artes.

0
Rafael Bqueer, Rosane Borges e Denilson Baniwa - Foto Divulgação
Rafael Bqueer, Rosane Borges e Denilson Baniwa - Foto Divulgação

Falar da presença de negros e indígenas no fazer artístico é também falar sobre a história de nosso país, já que ambos estão presentes na colonização do país por Portugal. Temos nomes como Aleijadinho, mestre Valentim, entre outros tantos artistas anônimos, desde a formação nacional e que são pouco — ou quase nada — reconhecidos e debatidos.

Pensando na importância dessa discussão, o podcast Observe, promovido pelo Instituto Itaú Cultural chega à sua terceira temporada, trazendo para o debate a performer paraense Rafael Bqueer e o artista visual amazonense Denilson Baniwa. Eles compartilham suas reflexões sobre a presença cada vez maior de artistas negros e indígenas em exposições, coleções e eventos culturais no país, ainda que de maneira embrionária.

O primeiro dos três episódios traz uma conversa mediada pela jornalista e doutora em Ciências da Comunicação, Rosane Borges, debatendo sobre como os conceitos de arte e cultura estão sendo revisitados por esses artistas, curadores e pesquisadores. Tudo isso com vista a importância da diversidade, com foco na contribuição dos povos indígenas e negros para as produções artísticas no Brasil.

A história da arte de modo geral é eurocêntrica e não abrange as manifestações artísticas dos países fora do contexto europeu, sendo até autoreferente. “Eu entrei na faculdade por cotas, tanto racial como por ser estudante de escola pública, então acho que existe todo um momento de debate em torno disso nas últimas décadas, vencendo todo um estigma da presença de pessoas pretas e periféricas no universo da academia”, reflete Baniwa.

Os outros episódios

Os demais episódios que integram a terceira temporada do podcast Observe seguem com o olhar sobre esta temática. No dia 1 de agosto, a artista visual Renata Felinto e a mestre em artes Naine Terena conversam com o psicólogo Márcio Farias sobre mediação cultural.

O terceiro e último, no dia 15, traz a autora Tamiris Coutinho e a multiartista da moda e da dança Maiwsi Avana. Elas falam sobre a cultura negra periférica como resistência e como mercado. Este encontro é mediado pela jornalista Rayane Moura.

Serviço

Podcast Observe – 3ª temporada
Episódio 1: Arte e Cultura: Diversificando o Debate
Com Rafael Bqueer e Denilson Baniwa com mediação de Rosane Borges
No site do Itaú Cultural www.itaucultural.org.br  

Quer receber essa e outras notícias no seu e-mail? Assine a newsletter

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here