O Terças Crespas retorna com cenas curtas, performances e muito mais

A Terças Crespas, da Cia Os Crespos de Teatro, retoma sua programação com atividades presenciais sobre a crítica e o cenário cultural.

0
47
Clayton Nascimento - Foto de Arô Ribeiro
Clayton Nascimento - Foto de Arô Ribeiro

Após um longo período de teatros fechados por conta da pandemia do coronavírus e de restrições para a área artística e cultural, finalmente os espetáculos presenciais estão de volta. É o caso do Terças Crespas, evento promovido pela Cia Os Crespos de Teatro, que comemora 16 anos de trabalhos ininterruptos na cidade de São Paulo. 

A companhia completou 16 anos de atividades em 2021, em atividades que discutem e apresentam as muitas poéticas da arte negra brasileira. O projeto tem inspiração e dialoga com outros existentes no Brasil, como Segunda Preta, de Belo Horizonte, a Segunda Black, do Rio de Janeiro e a A Cena Tá Preta, de Salvador.

A programação desta edição conta com mostras curtas de cenas e performances, leitura de textos teatrais, reflexão dos artistas convidados sobre os trabalhos e bate-papo com o público.

No tema do primeiro encontro é A Crítica E A Performance Negra, que conta com a participação de Kil Abreu, Miguel Arcanjo Prado, Bruno Cavalcanti, Edi Cardoso, Malu Avelar e Clayton Nascimento.

Nesse encontro discutem pontos de vista sobre a abertura da crítica e do cenário cultural para obras de artistas negras e negros, a partir de um panorama de proposições estéticas e de agenciamentos. Tendo como pano de fundo o que os grupos e artistas negros têm levantado na última década na cidade de São Paulo. 

O último encontro promovido em novembro tem como tema Questão De Pele: Tonalidades E Representações, com a presença de Rosane Borges e Salloma Salomão. E ainda apresenta trechos do espetáculo Stelas Pretas – Claridade E Luz com Mawusi Tulani, Nilcéia Vicente e Lincoln Antônio.

Neste encontro os convidados conversam sobre racialidade no teatro, nas perspectivas do colorismo, black face, representatividade racial e o impacto dessa discussão no meio cultural. 

Em tempos em que ainda perduram o preconceito, desmontes e todo tipo de pensamento opressor, retrógrado, e que fomentam cada vez mais a violência, eventos como esses são cada vez mais necessários para combatê-la.

Além disso, torna-se cada vez mais necessário e urgente refletir sobre o espaço e as formas de existir do negro, dentro e fora da arte, para que a nossa sociedade se distancie cada vez mais do pensamento racista, proveniente de quase quatro séculos de escravidão em nosso país.

Serviço
Terças Crespas

CCSP – Sala Adoniran Barbosa – Rua Vergueiro, 1.000, ao lado da estação Vergueiro do Metrô

A Crítica E A Performance Negra – 9 de novembro de 2021, às 19h30, no CCSP.
Questão De Pele: Tonalidades E Representações – 30 de novembro de 2021, às 19h30, no CCSP.
Livre. Gratuito

Equipe e Ficha Técnica – Terças Crespas
Curadoria – Lucelia Sergio
Apresentação – Lucelia Sergio e Rafael Ferro 
Produção – Rafael Ferro e Ramon Zago
Coordenação Técnica – Ramon Zago
Designer – Rodrigo Kenan

Quer receber essa e outras notícias no seu e-mail? Assine a newsletter

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here