Festival Volta ao Mundo apresenta longas raros e inéditos produzidos na Suíça

0
5
Na Cidade Branca, de Alain Tanner – Foto: Divulgação assessoria

Filmes suíços raros e inéditos fazem parte da primeira edição do Festival Volta ao Mundo! O evento virtual, criado pela plataforma Petra Belas Artes À La Carte destaca a filmografia de vários países do mundo, traz para o catálogo do serviço de streaming oito filme premiados que foram produzidos na Suíça.

O Festival é uma parceria entre o Petra Belas Artes à La Carte e a Swiss Film Foundation. O grande destaque da programação do evento são os dois longas do premiado diretor Alain Tanner, que são raros no Brasil.

O Último a Rir, produzido em 1969, foi o primeiro filme de ficção do diretor, e venceu o Leopardo de Ouro de Melhor filme no Festival de Locarno. O drama conta a história de Charles Dé, neto do fundador de uma relojoeira que, nas vésperas do centenário da empresa da família, foge de casa, e passa a ser procurado por um detetive particular.

Na Cidade Branca, de 1983, fala sobre Paul, um engenheiro que trabalha em um navio e, entre uma viagem e outra, se hospeda em um hotel em Lisboa. Ao experimentar um grande vazio existencial, Paul vagueia pela cidade com uma câmera e manda cartas para a sua esposa, na Suíça. No entanto, tudo muda quando, durante um de seus passeios, ele conhece e se apaixona por outra mulher. A produção concorreu ao Urso de Prata de Melhor Direção no Festival de Berlim, e é protagonizada por Bruno Gans, que também participou de Asas do Desejo, de Wim Wenders.

As outras produções são, em sua maioria, filmes realizados por jovens diretores, que já foram premiados em festivais mundo afora. Desejo de Voar, terceiro longa de Andrea Staka, é protagonizado pela croata Marija Skaricic, que ganhou o prêmio de Melhor Atriz no Sarajevo Film Festival. O drama fala sobre uma mulher que vive ao lado de um aeroporto e, apesar de nunca ter voado, sonha em deixar a sua vida pacata e explorar o desconhecido.

Deserto, de Frédéric Choffat e Julie Gilbert, conta com cenas filmadas no estado norte-americano do Arizona, e traz em seu elenco Anna Mouglalis e Mathieu Demy, filho dos cineastas Agnès Varda e Jacques Demy.

O Volta ao Mundo: Suíça também conta com filmes e diretores que já estiveram na Mostra Internacional de Cinema de São Paulo. Um destes filmes é Espacate, de Christian Johannes Koch, drama sobre uma professora que tem um caso com o pai de uma de suas alunas.

Micha Lewinsky, diretor de O Caminho para Moscou, comédia presente no Festival, já esteve na Mostra de Cinema de São Paulo com Der Freund, concorrendo ao prêmio do júri internacional. Outros filmes disponíveis para o público durante o Festival Volta ao Mundo: Suíça são Love Me Tender, drama de Klaudia Reynicke, e o romance Sturm, dirigido por Oliver Rihs.

Serviço
Festival Volta ao Mundo: Suíça
Até 19 de maio, na plataforma Petra Belas Artes à La Carte.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here