Exposições marcam a comemoração dos 130 anos da Avenida Paulista

Exposições marcam os 130 anos da avenida Paulista e celebra o potencial artístico e turístico da via mais importante da cidade de São Paulo.

0
53
Avenida Paulista - Foto: Guil
Avenida Paulista - Foto: Guil

Espaços culturais da avenida Paulista abrem exposições durante a celebração dos 130 anos da via que é símbolo da capital. Conhecida por explorar a diversidade e ser uma janela para a arte

As instituições da Paulista Cultural, iniciativa que comemora o potencial artístico e turístico da avenida Paulista, promovem uma homenagem ao aniversário de 130 anos da avenida. Compõem o grupo a Casa das Rosas (n.37), Japan House São Paulo (n.52), SESC Avenida Paulista (n.119), Itaú Cultural (n.149), Centro Cultural Fiesp (n.1313), MASP (n.1578) e IMS Paulista (n. 2424).

Inaugurada no dia 8 de dezembro de 1891, por iniciativa do engenheiro Joaquim Eugênio de Lima, a via está localizada no limite entre as zonas Centro-Sul, Central e Oeste. É uma uma das regiões mais elevadas da cidade, chamada Espigão da Paulista.

A avenida revela sua importância fundamental para a cidade de São Paulo não só como polo econômico, mas também cultural e de entretenimento para todos os públicos e nichos sociais. Nos seus quase três quilômetros estão localizados o maior corredor cultural de São Paulo.

Mapa Paulista Cultural
Mapa Paulista Cultural

Exposições dos 130 anos

Até 30/12/2021 – Alerta de Spoiler! – Quem entra na Biblioteca do Sesc Avenida Paulista dá de cara com as sacolinhas de papel pardo do “Alerta de Spoiler”. Na brincadeira o visitante pega um livro emprestado sem saber qual é. A única pista é um bilhete pendurado em cada pacote com o spoiler da obra. Nessa temporada, os livros foram indicados por cinco convidados/as especiais: Silvero Pereira, Dona Jacira, Chico Felitti, Katú Mirim e Letícia Rodrigues.

Até 22/02/2022 – Ocupação Benjamim de Oliveira mergulha no universo do circo no Brasil entre os séculos 19 e 20 a partir da história de Benjamim de Oliveira. Ele nasceu em Pará de Minas (MG), é filho de uma mulher escravizada com o capataz da fazenda. Benjamim fugiu de casa aos 12 anos com uma trupe de circo e tornou-se um dos homens mais importantes para o desenvolvimento e a modernização desta arte no Brasil. Fortaleceu a introdução da linguagem teatral no circo, e, ainda, atuou em filmes e gravou discos. Na mostra cerca de 120 peças, entre jornais da época, fotografias, objetos circenses originais, livros, documentos e fonogramas de músicas.

Até 22/04/2022 – Tunga: Conjunções Magnéticas. A curadoria é de e Paulo Venancio Filho e celebra a produção artística de Tunga (1952-2016), figura emblemática das artes visuais do país. A diversidade de suportes, como desenhos, esculturas, objetos, instalações, vídeos e performances revela os múltiplos interesses de Tunga, que percorria diferentes áreas do conhecimento, como literatura, matemática, arte e filosofia. O artista explorou materiais como ímãs, vidro, feltro, borracha, dentes e ossos.

Até 28/04/2022, o público pode conferir a exposição Era Uma vez o Moderno [1910-1944] e que reúne diários, cartas, manuscritos, fotos e obras dos artistas e intelectuais, que fizeram parte da implantação de uma arte moderna no Brasil. Com mais de 300 obras, a mostra revisita três décadas dessa história e o público pode conhecer as produções dos autores e pensadores que participaram da Semana de Arte Moderna, em 1922.

Até 25/05/2022 – Chama é um monumento virtual de luto, uma chama eterna e ininterrupta em memória aos mortos, que permanecerá acesa durante um ano. Está instalada no Sesc Avenida Paulista e, também, é transmitida ao vivo por meio do site: A Extinção É Para Sempre. Pessoas de diversas partes do mundo são convidadas a se inscrever no site para compartilhar sua própria Chama, compondo um chamado internacional ao luto, à pausa e à dignificação de cada perda.

Serviço

Alerta de Spoiler!
Até 30/12/2021 – Sábados, domingos e feriados, das 10h às 18h30.
Sesc Avenida Paulista.
16 anos – Grátis

Chama
Até 25/05/22 – de terça a sexta, das 10h às 21h30. Sábados, domingos e feriados, das 10h às 18h30
Sesc Avenida Paulista.
Livre – Grátis

Era Uma Vez O Moderno
Até 28/04/2022 – de quarta a domingo, das 11h às 20h.
Centro Cultural Fiesp.
Livre – Grátis

Ocupação Benjamim de Oliveira
De 27.11.2021 até 27.2.2022 – de terça a domingo, das 11h às 19h.
Sesc Avenida Paulista.
Livre – Grátis

Tunga: Conjunções Magnéticas
ATé 10/04/2022 – de terça a domingo, das 11h às 19h.
Itaú Cultural
12 anos. Grátis

Quer receber essa e outras notícias no seu e-mail? Assine a newsletter

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here