Entrevista com Giovana de S. Neves, autora de Amor Desconhecido | Blog e-Urbanidade

0
Giovana de S. Neves - Foto: acervo pessoal
Giovana de S. Neves – Foto: acervo pessoal

O gênero YA (Young Adult, ou simplesmente Jovem Adulto) tem conquistado públicos cada vez maiores e distintos ao longo dos anos, principalmente por contar com autores jovens que conseguem tratar dos mais variados assuntos com facilidade e leveza. E nessa leva surgiu Giovana de S. Neves, de Amor Desconhecido.

Com apenas 16 anos de idade, nasceu e vive em São Paulo e lançou seu primeiro romance em outubro de 2020. Em Amor Desconhecido, Giovana Neves (ou G. S. Neves, como prefere assinar) aborda a descoberta da sexualidade de uma adolescente de 17 anos, Cathleen, que se vê apaixonada por sua melhor amiga, Chloe. Mas, além de não saber se Chloe também gosta de garotas, também existe outro problema: ela já tem namorado.

A história de Cathleen e Chloe se passa nos Estados Unidos, e discute os dramas de uma jovem que está descobrindo a sua homossexualidade, ou bissexualidade, durante a adolescência – uma época que normalmente já é conturbada por si só.

Livro Amor Desconhecido
Livro Amor Desconhecido

Blog e-Urbanidade conversou com Giovana de S. Neves sobre sua inspiração para a escrita do livro, seus primeiros passos na carreira como escritora em ascensão e próximos projetos.

#1 – Blog e-Urbanidade: Quando e como você começou a escrever?

Giovana de S. Neves: Sempre gostei de escrever, isso é algo que está dentro de mim. Comecei a redigir histórias quando eu era criança, mas minhas primeiras ideias sobre ser escritora nasceram em 2019 e se tornaram reais em outubro de 2020, quando publiquei meu primeiro livro, Amor Desconhecido.

#2 – Como foi o processo de escrita de Amor Desconhecido? E de lançamento?

G.S.N.: O processo de escrita, em si, foi tranquilo. Não tive grandes dificuldades com a história. O problema começou na hora de publicá-lo. Como sou nova na área e nunca havia feito algo desse tipo, senti um pouco de dificuldade. Fiquei insegura de receber críticas ou de ninguém querer comprá-lo. Foi uma loucura, mas hoje estou muito feliz com os resultados.

#3 – Você enfrentou muita resistência, por ser jovem, na hora de lançar o livro?

G.S.N.: Eu sei que escrever é uma paixão, algo que me faz bem, então não havia motivo para não fazer isso. Talvez, para quem vê de fora, o fato de eu ser jovem pode dificultar na hora de comprar o livro. As pessoas veem que não tenho experiência e que sou muito nova, então preferem não dar o benefício da dúvida. Não sei ao certo, afinal, não tenho dados concretos em cima disso, mas acredito que alguns devem ter me ignorado por conta da minha idade.

#4 – Quais foram as suas maiores inspirações na hora de escrever a história?

G.S.N.: Música é algo que sempre me inspirou. Enquanto as ouço, imagino milhares de histórias diferentes. Deve ser por isso que vivo andando com meu fone de ouvido. Nesse livro, a música Girls Like Girls da Hayley Kiyoko foi uma motivação e tanto, principalmente o videoclipe. Foi de repente, não sei ao certo como pensei em tudo do nada, mas aconteceu. Escuto até hoje e não canso dela.

#5 – Amor Desconhecido é completamente ficção, ou alguns eventos são inspirados na sua própria vida?

G.S.N.: Já me perguntaram se a história tem relação comigo, na esperança de que a resposta seja sim (e eu entendo), mas a verdade pode decepcionar a todos. Amor Desconhecido é completamente ficção. Não sei muito o que falar quanto a isso, mas tenho certeza de que seria interessante escrever algo sobre a minha vida, posteriormente, para que eu possa afirmar que a história tem relação comigo. Pensarei sobre.

#6 – Por que você optou por escrever uma história que se passa fora do Brasil?

Giovana de S. Neves - Foto: acervo pessoal
Giovana de S. Neves – Foto: acervo pessoal

G.S.N.: Eu tenho orgulho da cultura brasileira, mas na literatura, em específico, sou louca por histórias britânicas e norte-americanas. Achei legal trazer um pouco da cultura deles para o meu livro. Na minha opinião, ficou mais interessante. Independente disso, pretendo trazer histórias de diversos lugares do planeta para meus próximos projetos, inclusive do Brasil. Estou animada para isso.

#7 – Você já tem planos para novos livros ou projetos?

G.S.N.: Estou indo para o último ano do Ensino Médio e pretendo me dedicar ao máximo para passar em uma boa faculdade. Não vou largar a escrita, mas meu ritmo vai diminuir no próximo ano. Por outro lado, isso não significa que não terão novos projetos. Estou aproveitando o final de 2020 para escrever mais um livro e está sendo uma experiência incrível. Em breve estarei de volta!

Serviço:
Amor Desconhecido, de G.S. Neves
Número de páginas: 112
Gênero: Romance
Ano: 2020

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui