Crítica: Mais E Menos Dias, direção Marcelo Lazzaratto

Texto premiado de Marcelo Lazzaratto trata de confinamento com Pedro Haddad e Rodrigo Spina, na Cia. Elevador de Teatro Panorâmico.

0
49
Mais e Menos Dias - Foto: João Caldas Filho
Mais e Menos Dias - Foto: João Caldas Filho

E aqueles dias sem sair de casa, isolados, vendo o mundo lá fora pela janela? Lembram? Sobre esse tema tão próximo, mas que se distancia aos poucos, é o mote de Mais E Menos Dias. Dramaturgia e direção de Marcelo Lazzaratto, o texto premiado no Concurso Internacional Cenas do Confinamento, em 2020, é o novo cartaz da Cia. Elevador de Teatro Panorâmico.

Dois indivíduos (Pedro Haddad e Rodrigo Spina) estão trancados há pelo menos dois anos, numa espécie de abrigo, tendo apenas a claridade da janela como marcador do tempo. A jornada deles é feita pela convivência ininterrupta e a escassez de comida, água e aquecimento.

Em certo momento, a dramaturgia toma ares de Teatro do Absurdo, naquela falta de ação peculiar de Samuel Beckett. Assim, os dois moços bem que poderiam ter saído de Esperando Godot ou O Fim de Jogo. Seriam eles Estragon e Vladimir ou Hamm e Clov!

E a montagem tem o efeito perturbador de explicitar a incongruência do passado recente. Há pouco tempo estávamos trancados, esperando por anticorpos, cura ou vacina, vendo nossos dias passarem. Ah, e ainda tinha um presidente em cadeia nacional dizendo que era uma gripezinha e prometendo um remédio sem eficácia. Beckett não imaginaria tal absurdo. (Sem dúvida, esperar por saúde mental pós-pandemia de covid-19 é uma utopia.)

A direção de Lazzaratto, sempre de marcações bem definidas, quase coreografadas, é retomada em Mais E Menos Dias. A estética apertada e claustrofóbica ganha notoriedade na cenografia bem pensada do multiartista Júlio Dojscar. Os figurinos de Tathiana Botth surpreendem, inclusive nas matizes bem escolhidas e que ajudam na elaboração das duas personas.

O iluminador Lazzaratto esconde, expõe, escurece e joga cores e, por fim, a trilha de Daniel Maia colabora na dramaturgia feita de menos texto e mais do que não acontece. Por isso, Mais E Menos Dias surpreende como projeto cênico, na capacidade de usufruir de elementos diversos das artes da cena para criar uma encenação tão bela e incômoda.

Enfim, vale pensar em algumas proposituras do duo: será que aquele mundo que um dia vivemos voltará a ser igual? Alguma coisa realmente mudou? Ou mudará? 

Diante da inexorável incapacidade de mantermos vivos e dominar nossos destinos diante das fraquezas biológicas, Lozzaratto reforça: estamos arruinados. Podemos, porém, nos salvar a partir da forma com que olhamos e enfrentamos tudo isso. Será (foi ou é) mais ou menos um dia? 

Mediação – propostas para ampliar sua fruição

A Nuvem Rosa é um filme do diretor Iuli Gerbase, destaque do Sundance 2021, sobre um casal que fica preso em um apartamento depois que uma névoa tóxica coloca o mundo em perigo. Filmado antes da pandemia, o longa-metragem tem um ar profético e mergulha nas questões de convivência de Giovana (Renata de Lélis) e Yago (Eduardo Mendonça). O filme está disponível no Telecine.

Claro que todo período de crise e enclausuramento gera criatividade e arte. Assim, recomendamos dois episódios do Rolê Urbano. No #43- Arte Do Confinamento seguimos a trilha de algumas criações produzidas na reclusão da covid-19. Tem dança, teatro e exposições. Já no #47 – Os Novos Anos 20 criamos um paralelo do tempo atual com os anos de 1920, pós Primeira Guerra Mundial e pandemia da gripe espanhola.

Serviço
De 25 de setembro a 14 de novembro – sábados e domingos às 19h.
Gratuito

Ficha Técnica
Texto/Direção Geral/Iluminação – Marcelo Lazzaratto
Atuação – Pedro Haddad e Rodrigo Spina
Cenografia – Júlio Dojscar
Figurino -Tathiana Botth
Música original – Dan Maia
Assistente de Direção – Thaís Rossi
Operador de Luz – Lui Seixas
Fotografia – João Caldas
Assistente de Produção – Carol Fabri
Assessoria de Imprensa – Pombo Correio
Produção – Anayan Moretto
Um projeto da Cia. Elevador de Teatro Panorâmico

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here