Alessandra Negrini, Mel Lisboa e Maria Ribeiro apresentam peças em mostra de teatro online

0
116
Alessandra Negrini em A Árvore – Foto: Divulgação assessoria

Alessandra Negrini, Mel Lisboa, Maria Ribeiro e vários outros atores, atrizes, diretores e dramaturgos trazem suas peças para a primeira edição da Mostra Teatro Online APTI!

O evento traz dois espetáculos on demand por fim de semana até o dia 1º de agosto – ou seja, o público escolhe a peça que quiser assistir, e tem 48 horas para vê-la no conforto de casa.

O projeto Mostra Teatro Online é uma iniciativa da APTI – Associação de Produtores Teatrais Independentes, e foi criado para arrecadar dinheiro para o Fundo Marlene Colé, que auxilia artistas e técnicos do universo teatral que estão enfrentando dificuldades financeiras. O Fundo se tornou ainda mais imprescindível quando, em março de 2020, as atividades do setor cultural foram interrompidas por conta da pandemia, deixando vários trabalhadores sem a sua fonte de renda.

Os ingressos da Mostra Teatro Online APTI têm valores diversos, que vão desde R$25 até R$100, dependendo do quanto o espectador puder doar. Todo o valor arrecadado será revertido em cestas básicas e ajuda financeira para as mais de 30 mil famílias de profissionais da cultura do Estado de São Paulo, que foram afetados pela pandemia.

O grande diferencial da Mostra Teatro Online APTI é o seu grande leque de espetáculos famosos e aclamados pelo público e pela crítica. Nos dias 22 e 23 de maio, por exemplo, estará disponível a peça A Árvore, solo de Alessandra Negrini dirigido por Ester Laccava e João Wainer. A peça conta a história de A, uma mulher que vem enfrentando processos estranhos inexplicáveis de mudança em seu corpo, e que aos poucos se despede de suas feições mundanas.

Maria Ribeiro em Pós-F – Foto: Bob Wolfenson

Outra peça disponível no próximo fim de semana é Os Malefícios do Fumo, espetáculo de Anton Tchekhov que conta com Cássio Escapin tanto na direção (que divide com André Acioli, presidente do APTI) quanto como protagonista. A obra usa uma palestra motivacional contra os males do tabaco como pano de fundo para discutir as angústias e a realidade do personagem principal.

Pós-F fica disponível nos dias 5 e 6 de junho. A peça, inspirada na obra de mesmo nome de Fernanda Young que venceu o Prêmio Jabuti em 2019, traz Maria Ribeiro refletindo sobre o que significa ser homem e mulher na sociedade. Para conferir a crítica do e-Urbanidade sobre o espetáculo, clique aqui.

Já no fim de semana de 10 e 11 de junho o público pode assistir à Pessoa, espetáculo dirigido e protagonizado por Elias Andreato, inspirado em O Marinheiro, de Fernando Pessoa. Em seu quarto, o protagonista divaga sobre a origem da obra, que é uma das mais marcantes do autor, ao mesmo tempo em que analisa, de forma provocatória e minimalista, as semelhanças entre o marinheiro descrito no livro e o próprio Pessoa. Também tem crítica do e-Urbanidade!

No último fim de semana da Mostra Teatro Online APTI, nos dias 31 de julho e 1º de agosto, o público também tem a oportunidade de assistir a Madame Blavatsky, com Mel Lisboa. A partir do texto de Claudia Barral e direção de Marcio Macena, Mel interpreta uma atriz/médium que tem seu corpo invadido pela alma da famosa escritora russa Helena Blavatsky. Por meio da hospedeira, a autora passeia por sua obra e esclarece pontos controversos da sua biografia.

Mel Lisboa em Madame Blavatsky – Foto: João Caldas Filho

No último fim de semana da mostra é Meu Amigo Charlie Brown, O Musical. A peça, inspirada nos quadrinhos da série Peanuts, de Charles Schulz, mistura música e dramaturgia para mostrar o encontro do garotinho Charlie Brown com o mundo que o cerca, enquanto descobre o significado de seus sentimentos por meio de um humor sensível e melancólico, e personagens inteligentes e criativos.

O Fundo Marlene Colé foi criado após o falecimento da camareira de mesmo nome, em 2016. A carreira de Colé começou cedo, quando integrou, ainda jovem, o Grupo de Danças Folclóricas de Solano Trindade. De origem humilde, ela passou a trabalhar como camareira, e nesta profissão conheceu diversos atores, atrizes e participou de produções teatrais por todo o Brasil.

Na época em que faleceu, Marlene fazia parte da equipe do Theatro Municipal de São Paulo. O Fundo foi criado por amigos de Marlene como forma de honrar seu legado como uma pessoa sempre preocupada em ajudar o próximo.

Serviço
1ª Mostra Teatro Online APTI
Espetáculos disponíveis on demand aos fins de semana, até o dia 1º de agosto.
Confira a programação completa e compre os ingressos clicando aqui.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here