4 perguntas para Tania Bondezan sobre a peça A Golondrina

0
61
Tania Bondezan - Foto: Joao Caldas Fº
Tania Bondezan - Foto: Joao Caldas Fº
Tania Bondezan - Foto: Joao Caldas Fº
Tania Bondezan – Foto: Joao Caldas Fº

Publicada em 06/04/2019.

A atriz Tania Bondezan é Amélia, a professora de canto que encontra um novo aluno, Ramom, interpretado por Luciano Andrey. Desconhecidos, ele é o namorado do filho da pianista, assassinado durante o atentando ao bar gay Pulse, em Orlando.

A ficção inspirada na tragédia americana é do dramaturgo Guillem Clua, em cartaz na Espanha e Londres, e chega ao Brasil sob direção Gabriel Fontes Paiva.

Tania que assina também a tradução do texto fala com o blog e-Urbanidade sobre A Golondrina:

O que a peça tem a nos dizer nesses dias de ressurgimento dos discursos de ódio e homofobia?

Tania Bondezan: Nos faz refletir sobre o absurdo que é a não aceitação do outro, a falta de respeito pelo que é diferente do senso comum, e aí podemos colocar, além da homofobia, os preconceitos de credo, de cor e tantos outros. A peça nos leva a refletir sobre a necessidade da empatia, do perdão, da compreensão.

O que foi decisivo na escolha e na tradução do texto de Clua?

T B: Quando li o texto o que mais me encantou foi a inteligência e os argumentos de cada personagem, nenhum dos dois tem razão absoluta. Somos levados a uma verdadeira montanha russa de emoções com reviravoltas o tempo todo.  

Você chegou a assistir a montagem com Carmen Maura? A composição dela te ajudou na construção da sua professora de canto?

T B: Eu não assisti a montagem espanhola, da Carmem Maura, mas ela é maravilhosa e deve ser incrível. Minha AMELIA tem muito de mim, como mãe. Muito de mulheres fortes e maravilhosas que fazem parte da minha vida, e nasceu da minha relação com Ramon, meu querido Luciano Andrey.

Depois do presidente eleito dizer que aqui é um país de família e tirar do ar a propaganda com tema da diversidade, será que estamos próximos de acontecimentos como ocorreram no Bar Pulse?

TB: Nós como sociedade temos que nos posicionar para que atitudes extremistas e violentas como essa não tenham espaço. Um dos caminhos, eu acredito, é o do diálogo e da conscientização do direito de cada um.

Serviço
Temporada 2021:
De 12 de outubro de 2021 a 04 de novembro de 2021. De terça-feira a quinta-feira às 20h. (clique aqui para mais informações e ingressos)

De 19 de abril a 09 de junho – Às sextas e sábados, às 21h; e aos domingos, às 19h (clique nos dias da semana para ter acesso a agenda do blog)
Indicação Etária: 16 anos

FICHA TÉCNICA
Autor: Guillem Clua
Tradução: Tania Bondezan
Direção: Gabriel Fontes Paiva
Elenco: Tania Bondezan e Luciano Andrey
Cenógrafo e figurinista: Fabio Namatame
Assistente de direção: Ana Paula Gomez
Iluminador e Sonoplasta: André Prado
Trilha Sonora: Luisa Maita
Preparação Vocal: Jonatan Harold
Montagem/Direção de Cena/Contrarregra: Tadeu Tosta
Produção: Ronaldo Diaféria, Odilon Wagner e Tania Bondezan
Assessoria de imprensa: Pombo Correio

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here